ESTUDOS BÍBLICOS MATÉRIAS POEMAS
 

        

Sentir o mesmo no Senhor

 

     Paulo foi até a cidade de Filipos para anunciar o Evangelho para os moradores da cidade. Ganhou muitas almas ao Reino de Deus; também fez amizades.
     O amor de Paulo era tão grande para com os FIlipenses que nenhuma igreja comunicou a dar ou receber senão a igreja de Filipos. E Paulo se alegrava com o amor fraternal dos Filipenses.
     Certa vez, Paulo partiu da cidade de Filipos, a fim de levar a Palavra para outro lugar. Seus cooperadores, que tinha ficado na cidade de Filipos, davam as notícias para Paulo como os Filipenses estavam se comportando. Assim, estes lhe disseram que duas mulheres, Evódia e Síntique, estavam em discórdia. Paulo, então, mandou falar para essas duas mulheres para que elas sentissem o mesmo no Senhor (Filipenses 4.2).
    
 “Sentir o mesmo no Senhor!” O que será que Paulo queria dizer para  Evódia e Síntique? Vejamos: hoje em dia, há crentes que vão à  igreja  orar a Deus, pedir bênção e misericórdia ao Senhor, mas será que todos estão sentindo as mesmo coisas?
     Há pessoas que vão à igreja, sem compromisso com Deus; já outros choram de alegria com o poder dEle, creem na bênção, e saem do culto jubilando no poder do Altíssimo; outros dizem  que não recebeu nada, não sentiu nada de Deus, e até perguntam:
“não sei o porquê aquele irmão ficou o culto todo cantando, chorando de alegria; e eu não senti nada”.
     Paulo sabia que aquelas mulheres precisavam de ajuda, o próprio Paulo quando ajudava na perseguição da igreja em Jerusalém, via o mesmo sentimento dos irmãos que mesmo morrendo, ele sentia que partindo da terra, moraria com o Senhor,
pois podia presenciar com os olhos da fé isso!
     Será que estamos sentindo as mesmas coisas? Eu creio na volta de Cristo; outros não creem. Creio na doutrina; mas, outros não obedecem e ainda blasfemam dela. Contudo, nós devemos sentir o mesmo no Senhor, pois breve Ele nos buscará. Será que você pode sentir isso?

    

Adriano Bezerra da Silva da IPDA de Varginha, São Paulo

 

FAÇA AQUI SEU COMENTÁRIO SOBRE ESSA MATÉRIA
 
Nome:  
    Seu comentário aguardará moderação
Congregação:
   
Comentário:    
   
  Verifica
A9Sw
 Digite as letras citadas acima

 
     
 
COMENTÁRIOS
 

 

 










 

 

                                                                                                                                                                

alexsandra.almeida@ipda.com.br

 

 

os textos descritos nesse espaço são de responsabilidades de seus respectivos criadores
Envie sua matéria, poema ou estudo para o email: "alexsandra.almeida@ipda.com.br"